Combates no sul do Afeganistão matam 35 militantes

As tropas afegãs e da coalizão liderada pelos EUA mataram 35 militantes em combates e ataques aéreos no sul do Afeganistão no início desta sexta-feira. Nenhum soldado ou civil foi ferido, informaram os militares dos EUA, num comunicado em que anunciaram a última de uma série de pesadas batalhas.

AE-DOW JONES, Agencia Estado

29 de maio de 2009 | 03h21

"As forças combinadas responderam ao fogo e pediram apoio aéreo, matando 35 e ferindo 13", diz o comunicado, sem esclarecer se os militantes seriam supostamente talebans. Os combatentes desse grupo operam em várias províncias do sul do Afeganistão.

Os combates começaram na manhã de quinta-feira, quando as tropas ficaram sob fogo cerrado enquanto faziam uma patrulha na província de Zabul, próximo à fronteira com o Paquistão. Forças afegãs e estrangeiras percorriam um acampamento onde, segundo disseram, foram presos combatentes da rede taleban Haqqani. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Afeganistãoviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.