Combustível de míssil norte-coreano está pronto

De acordo com o jornal sul-coreano Chosun Ilbo, que cita fontes oficiais em Seul, o movimento dos tanques pode ser observado na análise de fotografias tiradas por satélites espiões. Mas não é possível determinar se o combustível está sendo injetado.Sexta-feira, um funcionário americano afirmou que a Coréia do Norte acelerou os preparativos para disparar um míssil Taepodong-2 de longo alcance nos próximos dias, violando assim uma moratória assinada em 1998.O lançamento pode impedir as reuniões multilaterais de Pequim em que Coréia do Sul, China, EUA, Japão e Rússia tentam convencer a Coréia do Norte a abandonar seu programa de armas nucleares.As reuniões iniciadas em agosto de 2003 foram interrompidas em novembro de 2005. Pyongyang exige que Washington retire as sanções contra um banco com sede em Macau que, aparentemente, foi usado para lavagem de dinheiro do regime de Kim Jong-Il.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.