Começa a votação parlamentar para presidente do Paquistão

Os mais de mil membros do Parlamento e do Senado nacional e das quatro Assembléias provinciais devem votar

EFE

06 de setembro de 2008 | 02h54

Os legisladores das Assembléias nacionais e provinciais do Paquistão começaram neste sábado a depositar seus votos para escolher o sucessor de Pervez Musharraf como presidente do país. O favorito para assumir a Presidência do Paquistão é o líder do governamental Partido Popular (PPP), Asif Zardari. A provável eleição do viúvo da ex-primeira-ministra Benazir Bhutto é avalizada pela maioria que o PPP ostenta na Câmara Baixa, assim como em algumas províncias. "Seguramente vamos vencer", disse ao chegar ao Parlamento o ministro da Defesa, Sikandar Iqbal, que assegurou que "Zardari vai trazer estabilidade para o Paquistão". Também são candidatos o ex-chefe do Tribunal Supremo Saiduzuman Sidiqui, da opositora Liga Muçulmana-N, do ex-primeiro-ministro Nawaz Sharif, e o senador Mushahid Hussain, que pertence à Liga-Q, legenda que apoiou o regime de Musharraf. Os mais de mil membros do Parlamento e do Senado nacional e das quatro Assembléias provinciais devem votar entre as 10h local (1h de Brasília) e 15 (6h de Brasília), mas o começo da votação atrasou na Assembléia Nacional. Uma fonte da Comissão Eleitoral disse que o organismo anunciará o resultado da votação aproximadamente uma hora depois do fechamento das urnas.

Tudo o que sabemos sobre:
Paquistão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.