Começa campanha eleitoral na Coréia do Sul

Pesquisas indicam o apoio de 40% a Lee Myung-bak, líder do Grande Partido Nacional, de oposição

Efe

27 de novembro de 2007 | 05h01

 A campanha eleitoral para as eleições presidenciais sul-coreanas começou nesta terça-feira, 27. As eleições acontecem em 19 de dezembro. A informação foi prestada pelo conservador Lee Myung-bak, líder do Grande Partido Nacional (GPN, de oposição) como favorito à sucessão de Roh Moo-hyun, à agência Kyodo.   Segundo as pesquisas de opinião, Lee, ex-prefeito de Seul, conta com cerca de 40% das intenções de voto. Em segundo lugar vem um ex-presidente do GNP e ex-membro do Tribunal Supremo, Lee Hoi-chang, com 20%. Ele disputa as eleições como independente.   Apesar da vantagem, Lee Myung-bak, se vê prejudicado por um escândalo de manipulação de ações que afetou um de seus antigos aliados. Chung Dong-young, líder do Novo Partido Democrático Unido (NPDU, governista), está na terceira posição, com pouco mais de 1%, segundo as pesquisas.   Após cinco anos de mandato, Roh Moo-hyun concluirá seu período presidencial em fevereiro e não poderá disputar a reeleição.

Tudo o que sabemos sobre:
campanha eleitoralCoréia do Sul

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.