Começa em Teerã segunda sessão do julgamento a opositores iranianos

Entre os julgados há também uma cidadã francesa acusada de reunir dados e provocar distúrbios em Teerã assim como um uma empregada local da embaixada francesa em Teerã

EFE

08 de agosto de 2009 | 03h36

A segunda sessão do julgamento de um grupo de opositores detidos nas manifestações depois das eleições no Irã começou neste sábado perante um tribunal revolucionário de Teerã, informou a agência "Fars".

 

Entre os processados destacam os ativistas Ali Tayernia, Ahmad Zeydabadi, Shahabeddin Tabatabi, Hedayat Aghai e Yavad Emam.

 

Entre os julgados há também uma cidadã francesa acusada de reunir dados e provocar distúrbios em Teerã assim como um uma empregada local da embaixada francesa em Teerã.

 

No sábado passado, aconteceu na capital iraniana a primeira sessão da audiência contra uma centena de pessoas, entre elas destacados políticos reformistas como o chefe do escritório do ex-presidente Mohamad Khatami e membro da plataforma eleitoral de Mahdi Karubui nas eleições do dia 12 de junho.

 

Outro dos acusados é Mohamad Ali Abtahi assim como um membro do partido Kargozaran Sazandegui (Operadores da Reconstrução), Mohamad Atrianfar, próximo a Ali Akbar Hashemi Rafsanjani, que tinha apoiadoa candidatura de Mir Hossein Moussavi.

Tudo o que sabemos sobre:
Teerã

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.