Começa julgamento de líder rebelde checheno

O julgamento do líder rebelde checheno Salman Raduyev começou hoje na república russa do Daguestão. Ele é acusado de terrorismo relacionado à ocupação de um hospital em Kyzliar, em 1996, que deixou 78 mortos entre os reféns tomados. Raduyev é o mais importante líder checheno a ser julgado pela Rússia até agora. Ele também é acusado de "seqüestro, formação de bando armado e banditismo".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.