Começa nova greve contra Chávez na Venezuela

A greve geral convocada pela oposição para pedir a renúncia do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, começou às 7h (de Brasília), de acordo com informações do presidente da Confederação dos Trabalhadores da Venezuela (CTV), Carlos Ortega. A paralisação deve durar 12 horas. As agências internacionais informaram que, apesar do movimento escasso de veículos no início da manhã em Caracas, ônibus e o metrô funcionavam normalmente.Os principais jornais venezuelanos, no entanto, não circularam. Grupos de dois ou três policiais militares garantiam a segurança nas entradas das estações de metrô e em algumas esquinas da capital. A greve foi convocada pela CTV e pela Fedecámaras, com o apoio da Coordenação Democrática, que agrupa os partidos e organizações contrárias ao governo. A paralisação deve culminar com um panelaço marcado para as 20 horas em Caracas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.