Começa nova investigação sobre morte de Diana

Começa nesta segunda-feira, em Londres, a audiência preliminar da investigação judicial sobre a morte da princesa Diana. Um tribunal local deve determinar se ela perdeu a vida em um acidente de trânsito ou se a causa de sua morte foi outra.No mês passado, a investigação policial da Scotland Yard sobre o caso concluiu que Diana, 36, e seu namorado, Dodi al-Fayed, 42, perderam a vida em um "trágico acidente" em Paris.Nesta segunda-feira, a juíza encarregada do caso, Elizabeth Butler-Sloss terá que decidir, antes, se as mortes de Diana e Dodi serão investigadas juntas ou separadamente, segundo informaram fontes judiciais.Durante a investigação, deve ser analisada também a pesquisa policial realizada anteriormente sobre a morte do casal, ocorrida em 31 de agosto de 1997.De acordo com polícia, ambos foram vítimas de um "trágico acidente" e morreram quando a Mercedes Benz em que eles viajavam se chocou contra uma das pilastras do túnel sob a Ponte L´Alma, na capital francesa. O casal fugia de fotógrafos, após terem deixado o Hotel Ritz, na Place Vendôme.O pai de Dodi, Mohammed al-Fayed, não aceita a conclusão da polícia e acredita que o casal foi vítima de uma conspiração dos serviços secretos britânicos para impedir que seu filho se casasse com a princesa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.