Começa o julgamento de ex-chefe de polícia chinês

Wang Lijun é o responsável por desencadear o escândalo envolvendo Bo Xilai e sua mulher, Gu Kailai, condenada pela morte de um empresário inglês

AE, Agência Estado

17 de setembro de 2012 | 12h30

CHENGDU - A China iniciou o julgamento de um ex-chefe de polícia envolvido no maior escândalo político do país em décadas. Nesta segunda-feira, um dia antes do previsto, foi realizada uma audiência secreta na cidade de Chengdu.

Autoridades disseram que o procedimento foi adotado porque foram discutidos segredos de Estado no julgamento de Wang Lijun, que é acusado de deserção, abuso de poder e outros crimes. Na terça-feira, o tribunal deve receber a parte pública do caso.

Wang desencadeou o escândalo quando fugiu para o consulado dos Estados Unidos em fevereiro e acusou a esposa do líder do Partido Comunista da cidade de Chongqing de ter matado um empresário inglês. A revelação causou a remoção de seu chefe, Bo Xilai, da liderança do partido, e a condenação de Gu Kailai, que confessou o crime. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinajulgamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.