Começa o resgate do ´Kursk´

O navio Mayo chegou ontem ao ponto do Mar de Barents onde, há quase um ano (12 de agosto), naufragou o submarino nuclear russo Kursk. A bordo, 25 mergulhadores - incluindo oito russos que participaram do resgate dos 12 corpos recuperados da tripulação de 118 - vão examinar o casco antes de erguê-lo de uma profundidade de 108 metros. Para isso, pretendem cortar a parte mais danificada da embarcação, a proa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.