Começa ofensiva sobre Faluja

Tropas dos Estados Unidos atacaram hoje os limites ocidentais de Faluja, tomando o principal hospital desta cidade iraquiana e assegurando duas cabeças-de-ponte sobre o rio Eufrates, no que tudo indica ser a primeira fase da esperada ofensiva sobre este reduto de forças insurgentes. Disparos intermitentes de artilharia foram feitos nas vizinhanças de Faluja, enquanto bombas lançadas pela força aérea iluminavam o céu ainda escuro. Mas o pior ainda está por vir, quando tropas inglesas invadirem a parte principal da cidade, no lado leste do Eufrates, onde deverá ser grande a resistência dos rebeldes. A incursão sobre Faluja aconteceu poucas horas depois que o governo iraquiano declarou 60 dias de estado de emergência na maior parte do país, na tentativa de conter a onda de ataques dos milicianos, que deixaram dezenas de mortos nos últimos dias. Soldados iraquianos foram enviados ao principal hospital de Faluja, logo depois que os americanos dominaram o local. Os soldados dos Estados Unidos detiveram cerca de 50 homens que estavam no hospital, mas a metade foi libertada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.