Começa plebiscito de independência na Moldávia

O plebiscito que a região separatista moldávia de Cisdniester realiza neste domingo sobre sua independência começou em clima de plena normalidade, informou a Comissão Eleitoral Central (CEC).Os 262 colégios eleitorais de Cisdniester foram abertos por volta das 08h (02h em Brasília), informou à agência digital "Regnum" um porta-voz da CEC, que precisou que o censo eleitoral é integrado por um total de 389.061 cidadãos.A Moldávia e a comunidade internacional negam a legalidade dessa consulta organizada pelos separatistas.A Rússia, por outro lado, manifestou seu respaldo ao plebiscito, embora não até o ponto de reconhecer sua validade jurídica.O plebiscito de Cisdniester é um "acontecimento na vida política, que nós, queiramos ou não, nos veremos obrigados a reconhecer", assegurou na semana passada Valeri Keniaikin, representante especial do Ministério de Assuntos Exteriores da Rússia para relações com a Comunidade dos Estados Independentes.Cisdniester é uma estreita faixa na margem oriental do Dniester, fronteiriça com a Ucrânia e com pouco mais de meio milhão de habitantes, que proclamou em 1990 sua autonomia e um ano mais tarde sua independência da Moldávia, que foi seguida por uma guerra que custou centenas de vidas.O plebiscito foi convocado depois que os separatistas de Cisdniester abandonaram em março o processo de negociação após acusar Moldávia e Ucrânia de impor um bloqueio econômico à região.Os colégios eleitorais permanecerão abertos até as 20h (14 em Brasília) e o resultado definitivo da votação será anunciado no começo da manhã de segunda-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.