Começa resgate de mineiros russos presos em mina

Corpos de resgate começaram a trazer à superfície mineiros russos que ficaram dois dias presos em uma mina a 800 metros de profundidade no sul do país. Até o início da manhã deste sábado, 11 mineiros já haviam sido resgatados com um elevador especial. Todos foram levados a um hospital local. Apenas um dos 11 resgatados estava em grave condição de saúde. Os mineiros trabalhavam a 800 metros de profundidade na quinta-feira quando a água de um lençol subterrâneo vazou de uma escavação feita num nível acima do que estavam os mineiros. Isso os impediu de voltar à superfície. A força de resgate afirma que os 46 mineiros estão em boas condições. Os resgatados apareceram com o corpo coberto de carvão e com as roupas molhadas. A água chegava à cintura dentro da mina.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.