Começa votação na eleição presidencial chilena

Os centros de votação para o segundo turno das eleições presidenciais no Chile foram abertos hoje a partir das 7h (8h de Brasília). Nestas eleições, em que mais de oito milhões de chilenos decidirão quem será o sucessor de Ricardo Lagos pelos próximos quatro anos, concorrem a socialista Michelle Bachelet e o direitista Sebastián Piñera, que eliminaram o ultraconservador Joaquín Lavín no primeiro turno, em 11 de dezembro.Os centros eleitorais ficarão abertos durante nove horas, a partir do momento de constituição das mesas pelos juízes eleitorais. Por isso, não existe uma hora exata prevista para o fechamento.Michelle Bachelet representa a Concertação pela Democracia, a coalizão de centro-esquerda que governa o Chile desde 1990, e Sebastián Piñera pertence à Aliança pelo Chile, que esteve dividida no primeiro turno.A última pesquisa da empresa de consultoria internacional MORI deu à candidata da Concertação 53% das intenções de voto, enquanto Piñera obteria 47% dos votos. Se Bachelet vencer as eleições, será a primeira mulher a chegar à Presidência do Chile e presidirá o quarto governo da Concertação.Se a maioria dos votos for para Piñera, ele se tornaria o primeiro presidente de direita eleito democraticamente em 48 anos, após a vitória de Jorge Alessandri em 1958. O vencedor das eleições tomará posse no dia 16 de março.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.