Começam as eleições parlamentares na Sérvia

Os colégios eleitorais da Sérvia abriram neste domingo às 7h (4h em Brasília) para as eleições parlamentares que são consideradas cruciais para a continuação da transição democrática no país.Os 6,6 milhões de cidadãos com direito a voto estão convocados a escolher os 250 deputados do Parlamento nacional entre 3.795 candidatos de 20 partidos e coalizões, e espera-se que nenhuma das legendas alcance a maioria absoluta para formar o Governo sozinha.O favorito nas pesquisas prévias é o ultranacionalista Partido Radical da Sérvia (SRS), que foi membro do antigo regime autoritário de Slobodan Milosevic, derrubado em 2000, e que agora lidera as enquetes de intenções de voto com 30% de apoio.Os reformistas pró-europeus, o Partido Democrático (DS), do presidente da república, Boris Tadic, e o Partido Democrático da Sérvia (DSS), do primeiro-ministro em fim de mandato, Vojislav Kostunica, obteriam cerca de 25% e 20% dos votos, respectivamente.As eleições acontecem conforme o sistema proporcional e espera-se que superem a barreira de 5% e entrem no Parlamento, além disso, o pró-europeu G-17 Adicional, o Partido Socialista da Sérvia (SPS), fundado por Milosevic, e o novo Partido Liberal-Democrático (LDP), uma cisão do DS.Os mais de oito mil colégios eleitorais fecharão suas portas às 20h (17h em Brasília) e espera-se que as primeiras projeções sejam divulgadas algumas horas mais tarde.A votação é supervisada por aproximadamente quatro mil observadores nacionais e internacionais, incluindo mais de cem enviados pela Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.