Comediante ataca Murdoch durante audiência no Parlamento britânico

Rapaz deixou mensagem no Twitter antes de interromper audiência ao atacar magnata com creme de barbear

estadão.com.br,

19 de julho de 2011 | 13h10

Atualizada às 13h43

 

 

 

 

LONDRES - A audiência do comitê parlamentar britânico, na qual o diretor operacional da News Corp., James Murdoch, e o dirigente do grupo midiático, Rupert Murdoch, são ouvidos sobre os grampos telefônicos, foi suspensa por quinze minutos, após um jovem atacar Rupert Murdoch. A sessão foi retomada em seguida.

 

O jovem que atacou o magnata, de 80 anos, jogou uma substância branca no rosto de Murdoch, disse a BBC. Segundo a Reuters, a substância era creme de barbear. A mídia britânica identificou o agressor como o comediante Jonnie Marbles. Em seu perfil no Twitter, ele escreveu que o ataque a Murdoch foi, "de longe, a melhor coisa que já fiz". Ele ainda usou a hashtag #splat.

 

Uma hora antes do ataque, o comediante escrevera, também no rede de microblog, que "seria melhor se 'Baby Murdoch' (James) simplesmente listasse todas as coisas que ele sim sabe", indicando que estava acompanhando o depoimento do filho do magnata. Marbles tem mais de 13 mil seguidores.

 

Sem paletó

 

Quando a audiência foi suspensa, jornalistas e o público precisaram deixar o local. Ao ser retomada, tanto Rupert como o filho estavam presentes. O magnata da News Corp. havia tirado o paletó, aparentemente manchado no ataque. Ele estava calmo, segundo a Reuters.

 

A esposa de Rupert, Wendi Dengm tentou proteger o marido. Sentada logo atrás do magnata, ela levantou e deu um tapa no rapaz. Em seguida, ele foi detido por policiais no local e levado para fora da sala e algemado, segundo a Reuters.

 

'Desrespeito'

 

O deputado trabalhista Chris Bryant, que liderou a campanha contra a News Corp. sobre os grampos telefônicos, condenou o ataque contra Murdoch. "É algo espantoso", disse. "Toda a questão é que estamos tentando ter certeza de que as pessoas serão responsabilizadas de forma adequada e com decência", acrescentou.

 

Bryant disse ainda que o ataque é "apenas um desrespeito ao Parlamento". Murdoch não ficou ferido no ataque e não foi necessário chamar um médico.

 

Homem ataca Rupert Murdoch durante audiência em Londres

 

Com Reuters e Agência Estado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.