Comissão de juízes investigará Garzón

A comissão disciplinar dos juízes espanhóis investigará se o juiz Baltasar Garzón ocultou a cobrança de US$ 200 mil da Universidade de Nova York entre 2005 e 2006. Na época, Garzón pediu permissão para se afastar do trabalho para atuar como "professor pesquisador", mantendo seu salário de juiz e recebendo salário da universidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.