Comissão de telecomunicações é alvo de ataque na Venezuela

Uma granada foi lançada na madrugada deontem contra a sede da Comissão de Nacional de Telecomunicaçõesda Venezuela (Conatel), causando estragos na fachada do edifício, sem deixar feridos. O ataque aconteceu horas depois de a Conatel apreender equipamentos da rede de TV privadaGlobovisión.De acordo com o ministro de Comunicação e Informação, JesseChacón, "duas pessoas em uma moto branca lançaram uma granada efugiram". Chacón, em declarações à rede de TV estatal, disse quenão queria fazer acusações diretas, mas responsabilizou aGlobovisión pela violência. "O que aconteceu é resultado dautilização de um meio social como ferramenta de incitação."Na sexta-feira, a Conatel confiscou equipamentos detransmissão da Globovisión, acusando a TV de uso ilegal dasfreqüências não autorizadas. A emissora, que se manteve no armas não conseguiu transmitir ao vivo de certas localidades,qualificou a ação de ilegal. A apreensão causou protestos em Caracas. Manifestantes que protestavam em frente à sede da Conatel foram dispersados com gás lacrimogêneo pela GuardaNacional.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.