Comissão Européia concede 30 milhões de euros às vítimas da guerra no Líbano

A Comissão Européia (CE) concedeu nesta sexta-feira uma ajuda humanitária adicional de 30 milhões de euros às vítimas do conflito no Líbano, o que situa o total desembolsado desde o princípio das hostilidades em 50 milhões de euros.Os novos fundos, que vão ser distribuídos pelo EscritórioHumanitário da CE (Echo), servirão para facilitar a reconstrução e relançar as atividades econômicas dos afetados pelo conflito mediante uma melhora de suas condições de vida, assinalou em uma nota o Executivo da UE.A CE fixou seis áreas prioritárias de atuação, que incluem o acesso à água potável e ao saneamento, a construção de refúgios e a reabilitação de hospitais e escolas, assim como ajudas alimentícias, subsídios aos mais necessitados, atendimento de saúde e psicológico e programas para alertar a população sobre a presença de minas.Essas atividades serão realizadas por várias ONGs, agências da ONU, Cruz Vermelha e Crescente Vermelho. O escritório do Echo em Beirute está encarregado desde o início das hostilidades de avaliar as necessidades, coordenar os projetos e fazer um acompanhamento das operações.A fase de reabilitação deve durar até o segundo trimestre de 2007, quando vai ser substituída por uma fase de reconstrução da qual serão responsáveis outros departamentos da CE.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.