Comissão quer interrogar Bush e Clinton sobre o 11/9

A comissão federal que investiga os atentados de 11 de setembro de 2001 pedirá em breve que o atual presidente dos EUA, George W. Bush, o ex-presidente Bill Clinton e os respectivos vice-presidentes deponham sobre os possíveis alertas recebidos antes dos ataques.?Precisamos que deponham?, disse o ex-governador de New Jersey, Thomas H. Kean, presidente da comissão. Ele disse que o comitê emitirá convites formais a todos, embora acredite que os quatro irão se recusar a depor em público. Não obstante, Kean disse que a cooperação deles seria fundamental para o trabalho da comissão, e que esperava conseguir, ao menos, entrevistas em particular com cada um.?Eles têm coisas importantes para nos contar e perguntas importantes a responder?, disse Kean. Clinton já afirmou que prestaria depoimento, e Bush disse em entrevista à TV NBC que ?talvez? se submeta ao questionamento da comissão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.