Comissário foi proibido de voar por usar tranças

O comissário de bordo Aboubakar Traoré, da Air France, decidiu processar a companhia que o impediu de trabalhar até que cortasse as tranças de estilo rastafári que usa no cabelo. Traoré sofreu intimidações e passou por tratamento contra depressão após se recusar a cumprir o pedido. A Air France disse que zelou pela "imagem da marca".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.