Comitê analisa casos de abusos por padres

O comitê de leigos instituído pelos bispos católicos dos Estados Unidos para averiguar os problemas de abuso sexual envolvendo clérigos anunciou ontem que planeja fazer uma investigação completa para avaliar o que está acontecendo de errado com os padres. O trabalho vai incluir um esforço para determinar a orientação sexual deles. O grupo, liderado pelo ex-governador de Oklahoma, Frank Keating, e composto ainda por juízes católicos, advogados e empresários, já começou a fazer entrevistas para montar um relatório, que deve estar concluído até junho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.