Comitê analisará apelação de detidos em Guantánamo

Supostos terroristas mantidos na Baía de Guantánamo, em Cuba, poderão apelar de sua detenção junto a um comitê que determinará se eles ainda são uma ameaça aos Estados Unidos, disse o secretário de Defesa, Donald Rumsfeld. O comitê ouvirá os casos anualmente, para decidir se detidos poderão ser liberdados, acrescentou. Mas os EUA planejam manter muitos dos detidos "pelo tempo que for necessário", disse Rumsfeld.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.