Mike Theiler / AFP
Mike Theiler / AFP

Comitê do Congresso americano pede que Trump apresente provas sobre denúncia de grampos

Presidente republicano acusou Barack Obama de ordenar a instalação de grampos na Trump Tower de Nova York

O Estado de S.Paulo

12 de março de 2017 | 18h08

WASHINGTON - O Comitê de Inteligência da Câmara dos Deputados dos EUA pediram à Casa Branca neste domingo, 12, que o presidente Donald Trump apresente na segunda-feira provas sobre a denúncia feita por ele sobre a instalação de grampos na Trump Tower de Nova York por ordem do ex-presidente Barack Obama.

O jornal especializado The Hill informou que o presidente do comitê, o republicano Devin Nunes, e o democrata Adam Schiff estabeleceram a data para a apresentação das provas.

Trump tem mantido distância da imprensa desde o sábado 4, quando acusou Obama de ter instalado dispositivos de vigilância na Trump Tower antes das eleições de novembro.

O presidente não forneceu provas sobre o assunto. Um porta-voz de Obama negou que ele ou qualquer funcionário da Casa Branca tenha ordenado grampos nas comunicações do então candidato republicano.

A Casa Branca pediu que esses grampos sejam incluídos como parte da investigação sobre a interferência da Rússia nas eleições presidenciais, um movimento que, para muitos, é uma distração sobre o papel do Kremlin no pleito.

Mais cedo, o senador republicano John McCain pediu ao presidente que apresente as provas nas quais se baseiam sua denúncia ou que peça desculpas pelas acusações que fez a Obama. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.