Eric Thayer/The New York Times
Eric Thayer/The New York Times

Comitê do senado americano aprova Mike Pompeo como Secretário de Estado

Votação apertada e definida por mudança de posição na última hora garantiu seguimento no processo da nomeação do ex-diretor da CIA; confirmação no plenário deverá ocorrer nesta semana

O Estado de S.Paulo

24 Abril 2018 | 04h22

WASHINGTON – Após uma votação apertada, o Comitê de Assuntos Estrangeiros do Senado americano aprovou a indicação do ex-diretor da CIA, Mike Pompeo, para o cargo de Secretário de Estado. A resistência ao nome de Pompeo sinalizou a dificuldade que a Casa Branca poderá enfrentar em futuras nomeações.

A votação no comitê foi decidida por um voto: do senador Rand Paul, republicano conservador do Kentucky, que mudou de ideia no último minuto após conversar com o presidente, Donald Trump. Ao todo, foram onze votos a favor da nomeação, nove contra e uma abstenção.

A vitória garantiu que Pompeo e a Casa Branca não passassem por uma humilhação histórica. Segundo o gabinete da história do Senado, não há registros de algum indicado ao cargo de Secretário de Estado, responsável pela chancelaria do país, que tenha sido rejeitado pelo comitê.

+ ANÁLISE: Uma guinada na política externa americana

Indicado por Trump após a demissão de Rex Tillerson no fim de março, Pompeo será responsável pela mediação na cúpula histórica entre Estados Unidos e Coreia do Norte, prevista para o fim de maio ou início de junho. O próprio ex-diretor da CIA já foi a Pyongyang se encontrar com Kim Jong-um na Páscoa.

Após a aprovação no Comitê de Assuntos Estrangeiros, Pompeo enfrentará a aprovação de todo o plenário da Câmara Alta americana nesta semana. As expectativas apontam para um apoio unânime de senadores republicanos e resistência dos democratas.

+ Trump põe um linha-dura contrário ao pacto com Irã para chefiar diplomacia

Nessa segunda-feira, o presidente americano Donald Trump chamou a oposição de “obstrucionistas” por “maximizar o tempo de aprovação” dos nomeados pela Casa Branca e indicou que o senado “precisa de mais republicanos”.

 

 

“Difícil acreditar que obstrucionistas podem votar contra Mike Pompeo para Secretário de Estado”, escreveu Trump, no Twitter. “Os democratas não aprovarão centenas de pessoas boas, incluindo o embaixador [dos EUA] na Alemanha. Eles estão maximizando o tempo de aprovação de todos, nunca aconteceu antes. Precisamos de mais republicanos!” //ASSOCIATED PRESS

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.