Comitê eleitoral da Ucrânia proclama vitória do premier

A comissão eleitoral ucraniana proclamou o primeiro-ministro apoiado por Moscou, Viktor Yanukovych, vencedor no segundo turno da eleição presidencial, realizado domingo. A decisão deve agravar a crise iniciada com as denúncias de fraude eleitoral feitas pela oposição, reforçadas por declarações de observadores internacionais. O candidato oposicionista Viktor Yushchenko insiste ter vencido o pleito, e dezenas de milhares de pessoas foram às ruas para apoiá-lo e exigir a anulação do resultado oficial. Minutos após a proclamação de Yanukovych, milhares de manifestantes marcharam da praça central da capital, Kiev, para o palácio presidencial.Petro Poroshenko, um parlamentar aliado a Yushchenko, disse que "os componentes da Comissão Eleitoral Central assumiram a responsabilidade por um golpe de Estado". E acrescentou: "Agora as ruas falarão. O povo falará".Brigas e agressões físicas tiveram início no Parlamento com o anúncio do resultado da eleição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.