REUTERS/George Frey
REUTERS/George Frey

Como funciona a compra de armas de fogo ao redor do mundo

Dos EUA, onde o processo de verificação é instantâneo, ao Japão, onde o as etapas são longas e complicadas, passando pelo Brasil - que toma medidas para facilitar a posse de armas -, conheça os passos básicos para adquirir um armamento

Redação, O Estado de S.Paulo

18 de março de 2019 | 15h52

Depois do ataque terrorista na Nova Zelândia na semana passada, no qual um australiano atacou duas mesquitas com fuzis semiautomáticos e matou 50 pessoas, a primeira-ministra do país disse que será necessário rediscutir a legislação sobre a compra e posse de armas - considerada relavivamente permissiva em comparação com outros países da região.

Enquanto isso, países como Estados Unidos - cujo procedimento é simples e instantâneo - e Brasil - onde o presidente Jair Bolsonaro toma medidas para desburocratizar e flexibilizar a posse de armas de fogo - vão no sentido contrário para facilitar ainda mais o acesso de seus cidadãos a armamentos.

Veja abaixo um mapa interativo com o passo a passo para obter uma arma de forma legal em 16 países:

Made with Flourish

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.