Como funciona a eleição

A eleição presidencial se divide em duas etapas: as primárias e a eleição geral. Na primeira parte, os dois principais partidos - o Democrata e o Republicano - reúnem os pré-candidatos em uma série de eleições estaduais.

O Estado de S.Paulo

17 de dezembro de 2011 | 03h05

Afiliados e simpatizantes votam em dois tipos de votação diferentes. As primárias, que se assemelham a uma eleição comum, com cédulas e apuração, e os caucus, que são assembleias de eleitores que escolhem seu candidato em um recinto fechado.

O calendário obedece a uma sequência tradicional. Iowa, New Hampshire e Carolina do Sul costumam ser os primeiros. O vencedor em cada Estado recebe um determinado número de delegados - ganha quem obtiver o maior número no fim, quando o nome do candidato é aclamado em uma convenção partidária. A republicana está marcada para 27 de agosto, na Flórida. A democrata será no dia 3 de setembro, na Carolina do Norte. Apesar de o presidente Barack Obama já ser tratado como candidato, haverá primárias democratas com candidato único.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.