Companhia de gás do Yemen sofre ataque

A companhia de gás Yemem LNG retirou centenas de trabalhadores do seu terminal Balhaf, no Golfo do Aden, após um ataque atingir o local. Os funcionários foram levados à capital do Yemem em quatro aviões como precaução em meio ao temor de novos ataques ao terminal.

AE, Agência Estado

08 de dezembro de 2013 | 16h57

O incidente, porém, não afetou as operações no local, que tem capacidade produtiva de 6,7 milhões de toneladas métricas de gás liquefeito natural por ano, informou uma autoridade do Ministério de Petróleo do Yemen. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Yemenataqueterminal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.