Companhias terão vôo direto ligando Venezuela, Irã e Síria

Através de um acordo com as companhias aéreas, realizado no final de 2006, entrará em vigor ainda em fevereiro uma conexão aérea ligando as capitais de Irã, Síria e Venezuela. Segundo a agência síria Sana, a nova rota é resultado de entendimentos políticos e econômicos entre os governos de Teerã, Damasco e Caracas.Diretores da Syrianair disseram que, desta forma, "os passageiros não deverão enfrentar mais viagens com escalas". Uma numerosa colônia de descendentes de sírios e iranianos, emigrados a partir século XIX, vive na Venezuela e os três governos têm posições de questionamento das autoridades norte-americanas. Além disso, tanto Irã, quanto a Venezuela integram a Organização dos Países Exportadores do Petróleo (Opep). Os três países fizeram também um acordo em setembro pela construção, nas proximidades da cidade síria de Homs, de uma refinaria com uma capacidade de processamento de 150 mil barris de petróleo por dia.O presidente venezuelano, Hugo Chávez, visitou oficialmente o Irã em julho de 2006 e um mês depois fez uma viagem à Síria. Em janeiro, o presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, fez uma visita à América Latina, passando pela Venezuela.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.