EFE/Dedi Sinuhaji
EFE/Dedi Sinuhaji

Comunidade muçulmana na França inicia Ramadã

Mês de jejum sagrado do Islã coincidirá com a realização da Eurocopa 2016, que vai de 10 de junho a 10 de julho

O Estado de S. Paulo

06 Junho 2016 | 11h53

PARIS - O Ramadã, mês de jejum sagrado do Islã, começa nesta segunda-feira, 6, na França, onde vive a comunidade muçulmana mais importante da Europa, anunciou no domingo o Conselho Francês do Culto Muçulmano (CFCM).

O período de jejum, quarto pilar do Islã, coincidirá neste ano com a realização da Eurocopa 2016 de futebol, que vai de 10 de junho a 10 de julho.

Reunido no domingo na grande mesquita de Paris, o CFCM fixou 6 de junho como o "primeiro dia do mês sagrado do Ramadã no ano 1.437 da Hégira" - calendário muçulmano, que tem entre 354 e 355 dias -, anunciou o presidente da entidade, Anuar Kbibech, em um comunicado.

Com base na observação lunar para determinar as datas do calendário muçulmano, a grande mesquita de Paris se reuniu para a tradicional "Noite da Dúvida", véspera ou antevéspera do início do Ramadã, para seguir o ensinamento do Profeta, que havia prescrito em um hadith (comentário oral), determinando a observação da lua nova para iniciar e terminar o jejum.

O Islã é a segunda religião da França, com cerca de 5 milhões de seguidores em uma população de 65 milhões de pessoas. O Ramadã é um rito maciçamente seguido pelos muçulmanos franceses, e, segundo estudos, teria a adesão de até 80% de fiéis.

Durante o mês sagrado, os muçulmanos são convidados a se abster de beber, comer e manter relações sexuais das primeiras luzes da alvorada até o pôr-do-sol. /AFP

Mais conteúdo sobre:
RamadãIslãmuçulmanosFrança

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.