Comunistas propõem ''comissão da verdade''

O Partido Comunista do Uruguai propôs ontem a instalação de uma "comissão da verdade" oficial para investigar e desvendar os desaparecimentos, torturas e assassinatos ocorridos durante a ditadura militar (1973- 1985). Segundo organizações de defesa dos direitos humanos, militares uruguaios torturaram 4.700 civis.

, O Estado de S.Paulo

22 de abril de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.