Concorde da Air France faz vôo de Paris a Nova York

Um avião Concorde da Air France viajou hoje de Paris a Nova York em vôo de treinamento, o primeiro de alcance transatlântico realizado pela companhia francesa desde que a frota supersônica ficou paralisada depois de um acidente no ano passado que deixou 113 mortos. A British Airways, a única outra empresa aérea a oferecer serviço de Concorde, completou o primeiro vôo transatlântico de prova, de Londres a Nova York, no último dia 22. O objetivo de ambos os vôos foi o de preparar as tripulações para o retorno ao serviço comercial na próxima semana. A Air France retomará os vôos comerciais em 7 de novembro, enquanto que a British Airways oferecerá um vôo antecipado para convidados neste mesmo dia e retomará o serviço normal em 9 de novembro. O Concorde da Air France partiu do aeroporto Charles de Gaulle, com 69 passageiros, todos funcionários da empresa, para o vôo de 3 horas e 55 minutos até o aeroporto John F. Kennedy. O avião chegou no horário e deverá regressar à França amanhã. As duas empresas interromperam os vôos com Concorde depois do acidente de 25 de julho de 2000 nos arredores de Paris. Desde então, os supersônicos passaram por modificações para atender às novas exigências de segurança. Depois disso, as autoridades de avião civil da Grã-Bretanha e da França autorizaram a retomada dos vôos.

Agencia Estado,

29 Outubro 2001 | 15h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.