Concorde faz 1º vôo comercial desde julho de 2000

Um Concorde da Air France decolou do aeroporto de Roissy-Charles de Gaulle, nos arredores de Paris, em direção Nova York, realizando o primeiro vôo comercial do jato supersônico desde o acidente de 25 de julho de 2000, no qual morreram 113 pessoas. O avião partiu com atraso às 7h48 (de Brasília) levando 92 passageiros a bordo, entre eles, o ministro de Transportes da França, Jean-Claude Gayssot, e o presidente da Air France, Jean-Cyril Spinetta. A aterrissagem do avião supersônico deve ocorrer no aeroporto John F. Kennedy, em Nova York, depois de um vôo de três horas e 55 minutos. Desde a tragédia de julho de 2000, a segurança dos jatos Concorde foi reforçada, particularmente dos pneumáticos e dos compartimentos de querosene.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.