Concorde volta a voar amanhã

O jato supersônico de passageiros Concorde volta a fazer vôos comerciais amanhã, 15 meses depois do acidente em que morreram 113 pessoas. O avião foi remodelado, com tanques de combustível revestidos com Kevlar (à prova de balas), reforço antichamas na parte inferior da fuselagem e pneus especiais. O primeiro vôo, com destino a Nova York, deixa Paris às 10h30 locais (7h30 de Brasília). Uma hora depois, outro Concorde, da British Airways, decola de Londres para Nova York, em um vôo só para convidados. Ainda nesta quarta-feira, um terceiro Concorde levará o primeiro-ministro britânico, Tony Blair, para Washington. Para voar de Paris a Nova York em apenas três horas e 55 minutos, e não em oito horas, como nos aviões convencionais, os passageiros pagam 53 mil francos por uma passagem de ida e volta (US$ 7.250); o preço de uma passagem ida e volta de Londres para Nova York é de 6.819 libras (US$ 9.950). As informações são da Associated Press, citada pela Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.