Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
(Payton Bruni / AFP)
(Payton Bruni / AFP)

Condições climáticas perigosas dificultam a luta contra incêndios florestais no oeste dos EUA

Características naturais da área agem como um funil para o vento, alimentando as chamas e tornando-as imprevisíveis, dizem as autoridades

Redação, O Estado de S.Paulo

19 de julho de 2021 | 08h00

Ventos desorientados e florestas ressecadas no Oregon aumentaram os perigos para os bombeiros, nesta segunda-feira, 19, enquanto lutam contra o maior incêndio nos EUA. Apenas uma de dezenas de queimadas que atingem vários estados ocidentais do país.

Batizado de Bootleg, o incêndio foi considerado um dos maiores da história moderna do Oregon e já queimou mais de 476 milhas quadradas (1.210 quilômetros quadrados), uma área aproximadamente do tamanho de Los Angeles. O incêndio, logo ao norte da fronteira com a Califórnia, já foi contido em 25%.

Para esta segunda, a previsão dos meteorologistas é de tempo criticamente perigoso, com possibilidade de raios, tanto na Califórnia como no sul do Oregon.

“Com os combustíveis muito secos, qualquer trovoada tem o potencial de provocar novos incêndios”,disse no Twitter o Serviço Nacional de Meteorologia em Sacramento, Califórnia.

Milhares de pessoas precisaram ser evacuadas, incluindo cerca de 2.000 moradores das áreas em grande parte rurais de lagos e refúgios de vida selvagem próximos ao incêndio, que queimou pelo menos 67 casas e 100 prédios.

Condições extremamente secas e ondas de calor ligadas à mudança climática varreram a região, tornando os incêndios mais difíceis de combater. As mudanças climáticas tornaram o Ocidente muito mais quente e seco nos últimos 30 anos e continuarão a tornar o clima mais extremo e os incêndios mais frequentes e destrutivos.

Os bombeiros disseram em julho que estavam enfrentando condições mais típicas do final do verão ou do outono.

Nuvens Pyrocumulus — literalmente traduzidas como “nuvens de fogo” — complicaram os esforços de contenção do incêndio em Dixie no norte da Califórnia no domingo, bem como chamas que se espalharam para áreas remotas com terrenos íngremes que são mais difíceis de serem alcançadas pelas equipes de contenção, disseram as autoridades. Novas ordens de evacuação foram emitidas em comunidades rurais próximas ao Feather River Canyon.

Um incêndio crescente ao sul do Lago Tahoe atravessou uma rodovia, provocando mais ordens de evacuação, o fechamento da Trilha Pacific Crest e o cancelamento de um passeio de bicicleta pela Sierra Nevada.

O incêndio de Tamarack, que foi provocado por um raio em 4 de julho, tinha queimado cerca de 74 quilômetros quadrados de mato seco e madeira até o domingo à noite. O incêndio estava ameaçando Markleeville, uma pequena cidade próxima à divisa dos estados de Califórnia e Nevada

Um aviso publicado no site da Death Ride, no sábado, no percurso de 103 milhas (165 quilômetros), dizia que várias comunidades da área haviam sido evacuadas e ordenava que todos os motociclistas evacuassem a área. O incêndio deixou milhares de ciclistas e espectadores desesperados para deixar a pequena cidade.

Kelli Pennington e sua família acampavam perto da cidade, na última sexta-feira, para que seu marido pudesse participar de sua nona pedalada, quando receberam o aviso de que deveriam sair. Eles tinham observado o avanço da fumaça ao longo do dia, mas foram pegos desprevenidos pela rápida propagação do fogo.

“Aconteceu tão rápido”, disse Pennington. “Deixamos nossas barracas, redes e alguns alimentos, mas pegamos a maioria de nossas coisas, empurramos nossos dois filhos para o carro e fomos embora”.

Cerca de 800 bombeiros foram designados para combater as chamas até domingo à noite, “concentrando-se na preservação da vida e da propriedade com proteção pontual das estruturas e colocando linhas de contenção sempre que possível”, disse o Serviço Florestal dos Estados Unidos.

O incêndio nas montanhas do nordeste do Oregon atingiu mais de 18 milhas quadradas (48 quilômetros quadrados) até domingo. O incêndio de Elbow Creek que começou na quinta-feira provocou evacuações em várias comunidades pequenas e remotas ao redor do Grande Ronde River, cerca de 50 quilômetros a sudeste de Walla Walla, Washington

As características naturais da área agem como um funil para o vento, alimentando as chamas e tornando-as imprevisíveis, disseram as autoridades.

Havia cerca de 70 grandes incêndios ativos e complexos de múltiplas chamas que queimaram quase 1.659 milhas quadradas (4.297 quilômetros quadrados) nos Estados Unidos, disse o National Interagency Fire Center. O Serviço Florestal dos EUA disse que pelo menos 16 grandes incêndios estavam ardendo somente no Noroeste Pacífico. / AFP

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.