Condoleezza pede que Mugabe deixe poder no Zimbábue

A secretária de Estado norte-americana, Condoleezza Rice, pediu hoje que o presidente do Zimbábue, Robert Mugabe, deixe o poder. Condoleezza qualificou as negociações entre governo e oposição para dividir o poder como ''farsa''. "Já passou a hora de Mugabe partir", afirmou a secretária em visita a Copenhagen. "Eu acho que isso agora é óbvio."Mugabe e o líder oposicionista Morgan Tsvangirai firmaram um acordo para a divisão do poder em setembro. Porém, o pacto não foi na prática implementado, por causa de um impasse sobre quem ocuparia os principais ministérios.Mugabe está no poder desde 1980, ano da independência do Zimbábue. O país sofre com sérios problemas econômicos, entre eles a maior inflação do mundo, e também com uma epidemia de cólera que já deixou pelo menos 560 mortos. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.