Condoleezza Rice se reúne com o presidente Mahmoud Abbas

o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, receberá neste domingo, na Muqata de Ramala a secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, que iniciou no sábado uma nova viagem por países do Oriente Médio.Fontes da Presidência palestina disseram aos jornalistas que Abbas dirá a Rice que é necessário determinar uma data para a criação de um Estado palestino e a pedirá que pressione Israel para que suspenda as restrições que pesam sobre os palestinos na Cisjordânia.O assessor político de Abbas, Nimer Hamad, disse no sábado à noite que "a solução da questão palestina é a que trará como conseqüência a solução dos conflitos no Oriente Médio, e não conjurar a crise do Iraque".Rice, que conversou com sua colega israelense, Tzipi Livni, e com os ministros da Defesa, Amir Peretz, e de Assuntos Estratégicos, Avigdor Liberman, afirmou em meio a uma profusão de "planos de paz" que o único aceito é o que propõe o "Mapa de Caminho", adotado por ANP e Israel o criado pelo Quarteto de Madri e a comunidade internacional.Ao "Mapa de Caminho" se somam uma iniciativa da Arábia Saudita e ultimamente outras propostas de Peretz para a criação de um Estado palestino em um prazo de 30 meses, e do presidente egípcio, Hosni Mubarak, mediador entre palestinos e israelenses.A reunião de Abbas com Rice será realizada em meio a novas gestões do presidente palestino e do primeiro-ministro, Ismail Haniyeh, do Movimento Islâmico Hamas, para formar um Governo de união nacional, objetivo no qual ambos os dirigentes fracassaram até o momento, após meses de negociações.Segundo porta-vozes do Hamas e da Jihad Islâmica em Gaza, esta viagem de Rice pela zona tem como objetivo semear a divisão entre os palestinos e levá-los a uma guerra fratricida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.