Condoleezza Rice vai liderar grupo de estabilização do Iraque

A Casa Branca determinou uma grande reorganização dos esforços americanos para conter a violência no Iraque e no Afeganistão e acelerar a reconstrução dos dois países, de acordo com funcionários do governo, informou o jornal The New York Times em sua edição de hoje. A nova iniciativa, de acordo com a reportagem, inclui a criação de um "Grupo de Estabilização do Iraque", que será administrado pela conselheira de segurança nacional, Condoleezza Rice.Segundo o Times, a criação do grupo parece ser parte de um esforço para assegurar maior controle da Casa Branca sobre como Washington coordena seus esforços para combater o terrorismo, fomentar estruturas políticas e encorajar o desenvolvimento econômico nos dois países.De acordo com o NYT, a reorganização foi descrita em um memorando confidencial que Rice enviou na quinta-feira para o secretário de Estado, Colin Powell, para o secretário de Defesa, Donald Rumsfeld, e para o diretor da CIA, George J. Tenet. Rice considerou o plano "um reconhecimento de todos que estamos numa fase diferente agora", que o Congresso está analisando o pedido de Bush de US$ 20 bilhões para a reconstrução e de US$ 67 bilhões para operações militares no Iraque e no Afeganistão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.