Condutor de trem espanhol é acusado de homicídio

O Ministro do Interior da Espanha disse que o condutor do trem que descarrilou na última quarta-feira em Santiago de Compostela, matando 78 pessoas, está agora detido por suspeita de homicídio por negligência.

AE, Agência Estado

27 de julho de 2013 | 10h40

O ministro do Interior, Jorge Fernandez Diaz, anunciou a medida contra o maquinista Francisco José Garzón, que tinha sido detido anteriormente por suspeita de imprudência. O ministro também disse que Garzón recebeu alta do hospital e foi levado para a delegacia de polícia. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
ESPANHATREMACIDENTE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.