Conferência do Oriente Médio pode sair em seis semanas

Uma conferência internacional sobre o Oriente Médio proposta pelo primeiro-ministro israelense Ariel Sharon poderia acontecer em um prazo de seis semanas, informou uma rádio publica israelense citando como fonte um membro do alto escalão do governo israelense. A conferência, que teria os Estados Unidos como mediador e como sede, poderia contar também com membros da União Européia e da Rússia.Sharon anunciou no domingo que propôs durante o encontro que teve na sexta-feira com o secretário americano de Estado, Colin Powell, uma conferência internacional sobre o Oriente Médio com a participação de uma delegação palestina , mas sem a presença do presidente da Autoridade Palestina Yasser Arafat. O líder palestino concorda com a proposta, mas apenas se as tropas israelenses saírem imediatamente dos territórios autônomos palestinos. Mortes: Dois palestinos morreram nesta segunda-feira durante um confronto com soldados israelenses próximo ao assentamento judaico de Kfar Darom, ao sul da Faixa de Gaza, informaram fontes militares.Grandes Acontecimentos InternacionaisESPECIAL ORIENTE MÉDIO

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.