Conferência sobre Aids homenageia vítimas do MH17

Especialistas fizeram um minuto de silêncio durante a cerimônia de abertura; evento reúne cerca de 12 mil especialistas

AE, Agência Estado

20 Julho 2014 | 09h13

Uma conferência internacional sobre Aids foi aberta na Austrália com uma homenagem aos especialistas e ativistas que foram mortos a caminho do encontro quando o avião Malaysia Airlines foi derrubado na Ucrânia.

Membros da cerimônia de abertura da 20ª Conferência Internacional de Aids, em Melbourne, tomaram um momento de silêncio neste domingo para os seis pesquisadores de HIV e ativistas mortos no voo MH17. Todas as 298 pessoas a bordo morreram na queda da aeronave, ocorrida na quinta-feira no leste Ucrânia.

Entre as vidas perdidas no incidente estava a de Joep Lange, ex-presidente da Sociedade Internacional de Aids e um proeminente pesquisador no assunto.

A conferência atraiu cerca de 12 mil especialistas no tema, vindos de 200 países. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Ucrânia Avião Aids

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.