Confiança na liderança de Bush continua a cair, diz pesquisa

Uma pesquisa divulgada nesta segunda-feira pelo diário americano Washington Post e pela ABC News mostra uma nova queda na popularidade do presidente George W. Bush às vésperas de um importante discurso à nação, previsto para terça-feira. Abalado pela crescente insatisfação diante das políticas americanas para o Iraque e com a confiança em sua liderança em baixa, o presidente utilizará seu discurso do Estado da União para tentar angariar a opinião pública em favor do um novo envio de tropas para o país árabe.Segundo reportagem publicada nesta segunda-feira pelo Post, a grande maioria dos americanos se opõem ao engajamento de um novo contingente de 21,5 mil soldados para a guerra. Os primeiros combatentes chegaram ao Iraque no domingo. Para piorar o quadro, ainda de acordo com o diário, a nova maioria democrata no Congresso começa a ser vista pelos americanos como uma alternativa para sugerir uma saída para o conflito.Segundo a pesquisa, o Iraque ainda domina a agenda nacional, com 48% dos americanos classificando a guerra como o assunto mais importante a ser resolvido por Bush e o Congresso ao longo desse ano. Nenhum outro assunto aparece com mais de um dígito.O levantamento mostra ainda que o público confia mais nos democratas no Congresso do que em Bush para lidar com o conflito, em uma base de 60% contra 33%. Embora pretenda usar seu discurso para ampliar o apoio à sua nova estratégia para o Iraque, Bush terá pela frente uma missão quase perdida, já que as tentativas nos últimos 10 dias não tiveram resultados. A pesquisa Post-ABC mostra que 65% dos americanos são contrários ao envio de mais soldados ao Iraque; logo após o anúncio de sua nova estratégia, em 10 janeiro, Bush tinha a oposição de 61% dos americanos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.