Confirmada a libertação de reféns turcos no Iraque

O ministro de relações exteriores da Turquia, Abdulah Gul, confirmou nesta terça-feira que 10 turcos seqüestrados no Iraque foram libertados. Os reféns são empregados de uma empresa de construção civil. Eles chegaram ao escritório da empresa em Bagdá na manhã desta terça, onde se encontraram com funcionários da embaixada turca. A TV árabe Al-Jazira informara domingo a libertação dos reféns, mas o anúncio do governo turco foi a primeira confirmação oficial do fim do seqüestro. Rebeldes iraquianos já capturaram mais de 150 estrangeiros na campanha para expulsar do país a coalizão encabeçada pelos EUA. A maior parte foi libertada em troca de dinheiro, mas dezenas foram assassinados.

Agencia Estado,

12 Outubro 2004 | 06h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.