Confirmada vitória do Kadima em Israel

O Kadima, partido criado por Ariel Sharon e o primeiro-ministro interino Ehud Olmert em novembro, foi o grande vencedor das eleições parlamentares israelenses. Com 99,7% dos votos apurados, o partido obtinha 28 cadeiras na Knesset (Parlamento de Israel) enquanto o Partido Trabalhista contava com 20. Já o ultraortodoxo Shas tinha 13 e o direitista Likud (ex-partido de Sharon), 11 cadeiras. O comparecimento às urnas foi de apenas 63,2%, o menor desde a criação do Estado de Israel. Apesar da vitória, os assentos conquistados pelo Kadima ficaram abaixo da média de 35 indicada pelas pesquisas nas últimas semanas. Os resultados confirmam as previsões das pesquisas de boca-de-urna e dão ao Partido Trabalhista o segundo lugar no pleito, com 20 cadeiras. Os votos que ainda não foram apurados são de membros do Exército e do corpo diplomático no exterior. O anúncio final da contagem dos sufrágios deve ser feito na próximas 48 horas e sem mudanças significativas.

Agencia Estado,

29 Março 2006 | 01h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.