Confirmado caso de Sars na China

Foi confirmado nesta segunda-feira, pelas autoridades chinesas, um novo caso de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars). O paciente é um produtor de televisão de 32 anos que contraiu a doença na província de Guangdong, no Sul do país. Apesar da confirmação da doença pelos médicos, a Organização Mundial de Saúde (OMS) ainda trata o caso do paciente chinês como de suspeita da doença.Pesquisadores da Universidade de Hong Kong informaram que encontraram semelhanças ao compararem o coronavírus que se instalou no organismo do produtor de TV e um outro descoberto em gatos selvagens, o que sugere que uma variante do vírus que antes afetava apenas os animais pode estar agora atacando seres humanos. Preocupado com uma epidemia no país, o governo chinês condenou à morte 10.000 gatos, informou a emissora de TV estatal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.