Confirmado veto a nova reeleição de Uribe na Colômbia

A Corte Constitucional da Colômbia rejeitou a realização de um referendo popular para decidir se o presidente Álvaro Uribe está ou não apto a concorrer a um terceiro mandato, anunciou um juiz nesta sexta-feira em Bogotá.

AE, Agencia Estado

26 de fevereiro de 2010 | 20h57

Depois de sete horas de debate, a proposta de referendo foi considerada inconstitucional por sete dos nove juízes da Corte. Não cabe recurso à decisão.

Uribe ainda não comentou o resultado oficial, mas havia afirmado mais cedo que acataria o que fosse decidido pela máxima instância da Justiça colombiana para assuntos constitucionais.

Com isso, inexiste agora a possibilidade de Uribe buscar nas urnas um terceiro mandato consecutivo como presidente da Colômbia. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.