Conflito com Estado Islâmico no Iraque mata 30 curdos

Integrantes do grupo Estado Islâmico que tentam retomar uma cidade no norte do Iraque dominada por forças curdas mataram pelo menos 30 curdos, disse neste domingo um porta-voz militar iraquiano.

Estadão Conteúdo

11 de janeiro de 2015 | 12h48

O conflito começou neste sábado com os extremistas se aproximando da cidade de Gwer, próxima à cidade de Mosul, sob o controle do grupo Estado Islâmico, disse o porta-voz das forças curdas iraquianas em Irbil, Halgurd Hekmat. Ele não tinha informações sobre as baixas sofridas pelo grupo Estado Islâmico.

Apoiadas por ataques aéreos liderados pelos EUA, as forças curdas retomaram Gwer em agosto passado. Combatentes curdos do Iraque também se mobilizaram em pequenos grupos para ajudar os curdos sírios na luta que o grupo enfrenta na cidade fronteiriça síria de Kobani.

Gwer fica perto Irbil, a capital regional curda. A retomada de Gwer pelo Estado Islâmico permitiria o grupo estabelecesse uma nova base para lançar ataques contra a capital.

Fonte: Associated Press

Tudo o que sabemos sobre:
IraqueconflitomorteEstado Islâmico

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.