Conflito em escola no Paquistão deixa dois mortos

A polícia do Paquistão desafiou um grupo de supostos insurgentes nesta segunda-feira, 26, em uma escola no norte do país depois de escutar que os rebeldes queriam motivar estudantes para uma guerra santa. O confronto deixou seis pessoas mortas, disseram fontes policiais.Um insurgentes e um policial foram mortos durante conflito na escola pública de Oxford, na cidade de Tank, que fica próxima da fronteira com o Afeganistão, disse Javed Khan, membro da polícia. Não foi divulgado ainda quantos estudantes ficaram feridos.Segundo declarações de Khan, os rebeldes queriam que estudantes se afiliassem ao grupo deles. "Eles queriam motivar os garotos para a Jihad", afirmou o policial.Ele descreveu os militantes como "Taleban local", termo normalmente usado para identificar insurgentes que se alocam próximos à fronteira entre Paquistão e Afeganistão.A cidade de Tank é conhecida por abrigar grupos armados simpáticos à milícia fundamentalista islâmica Taleban e à rede extremista Al-Qaeda.Texto ampliado às 10:52

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.