Conflito entre Israel e Hezbollah já deixou 575 mortos

Pelo menos 575 pessoas morreram no Líbano e em Israel desde o início do conflito, em 12 de julho. No Líbano, a contagem oficial de mortos confirmados chega a 518 pessoas, das quais 458 civis, 20 soldados do exército do país e pelo menos 37 guerrilheiros da milícia xiita Hezbollah.O Ministério da Saúde do Líbano disse que o número de mortos pode chegar a cerca de 750, caso se levem em conta aqueles ainda soterrados sob escombros de locais atingidos por ataques aéreos ou de artilharia. O número de civis mortos inclui oito canadenses, um casal de nigerianos, dois kuwaitianos, um iraquiano, um cidadão de Sri Lanka e um jordaniano. O ataque israelense a um posto de observadores militares da ONU, na semana passada, matou um finlandês, um chinês, um irlandês e um canadense.Em Israel, 51 pessoas foram mortas, entre elas 33 militares e 18 civis. O número oficial de feridos é de 59 militares e 335 civis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.